Home > Produtos e Serviços > Risco Operacional
 

O Sistema Integral de Gestão de Risco Operacional foi desenvolvido para identificar, avaliar, monitorar, controlar e mitigar riscos operacionais, atendendo às exigências da Resolução 3380 do Banco Central do Brasil. É um poderoso sistema de mapeamento de risco operacional, auto-avaliação, registro de incidentes e gestão de risco operacional, com tecnologia web.

Seguindo com a implementação da nova estrutura de capital – Basiléia II, o Banco Central do Brasil, dispôs, por meio da Resolução 3380, sobre a implementação de estrutura de gerenciamento de risco operacional.

Principais funcionalidades:

  • Aplicação Web:
    • A tecnologia do Sistema Integral-Trust GR é uma aplicação web, com total controle de permissões e acessos, além da utilização de emails para o gerenciamento de incidentes de acordo com a sua prioridade e de ser uma poderosa ferramenta de auto-avaliação
  • Instalação On-line
    • Configuração simples e rápida
    • Internacionalização
      • Possibilidade de tradução em diversos ídiomas
    • Controle de acessos
      • Estabeleça o que seus funcionários irão visualizar, relatórios, incidentes, auto-avaliações, por linhas de negócio ou para grupos de linhas de negócios
  • Padrão 3380
    • As entrevistas estão padronizadas para a 3380, exemplo:
      • Fraude Externa
        • Roubo ou Fraude
          • Roubo
    • Probabilildade
    • Impacto financeiro
    • Nível do controle de risco
    • Outras perguntas customizadas
  • Mapeamento
    • Mapeamento da estrutura organizacional, linhas de negócio e de controles, conforme características e perfil da Instituição;
    • Categorização dos Riscos
    • Diversos níveis de agregação de acordo com a Basiléia II
    • Estrutura organizacional totalmente parametrizável
    • Registro e armazenamento
      • Registro e armazenamento de informações referentes às perdas associadas ao risco operacional;
  • Disparo automático de Emails
    • A otimização da rede de comunicação como email ou intranet é primordial para o bom gerenciamento dos incidentes ocorridos.
  • Classificação das perdas
    • Classificação e monitoramento das previstas e não previstas:
  • Auto-avaliação
    • A empresa através de auto-avaliações, pode analisar qual o melhor caminho para mitigar os riscos que considera mais relevantes;
    • A partir da avaliação dos riscos ações de mitigação são estabelecidas respeitando as políticas da empresa.
    • On-line múltiplas escolhas
      • Questionários on-line e de múltiplas escolhas facilitam a aderência dos funcionários
      • Facilita a inserção de novos dados e a criação de relatórios instantâneos do exato momento em que a empresa se encontra
    • As respostas obtidas através dos questionários permitem detectar se as mesmas estão de acordo com as políticas da empresa
    • A gerência pode perceber se as políticas de mitigação de risco estão de acordo com os custos, probabilidade de ocorrência, seguro e outras opções customizáveis pela empresa
    • A análise dessas repostas permite a criação de novas políticas ou a investigação de processos que funcionam como deveriam
  • Emissão de relatórios
    • Simples, fácil e eficiente
    • Monitoramento e identificação e correção das deficiências de controle e gerenciamento de risco operacional;
    • Crie novos relatórios ou selecione os inúmeros pré-existentes
    • Todos os relatórios podem ser visualisados por linha de negócio, por grupos ou consolidado total.
  • Realização periódica
    • A realização periodica dos questionários com os funcionários permite à gerência da empresa saber se as políticas de mitigação de risco estão bem fundamentadas entre seus subordinados. (Artigo 3o. ítem V da 3380)