Home > Notícias > Artigos > Regulação para bancos corre risco de atraso
 

Estabelecidas para proteger o sistema financeiro de uma nova crise sistêmica, as novas regras de aumento de capital dos bancos correm o risco de atraso na maioria dos países.

 

O Conselho de Estabilidade Financeira (FSB, na sigla em inglês), que coordena a resposta dos órgãos reguladores globais à crise financeira em nome do G-20, apresentou relatório que mostra que apenas 8 de 27 países já publicaram documentos com as regras definidas no chamado acordo de Basiléia 3.

 

Com o atraso do cronograma, o FSB adverte que há uma probabilidade muito grande de somente 6 dos 28 bancos mais importantes do mundo - que oferecem riscos ao sistema financeiro internacional - estarem prontos para operar pelas novas regras em janeiro de 2013, quando a regulamentação  deve entrar em vigor. No relatório, divulgado na reunião de ministros de presidentes de bancos centrais dos países que formam o grupo das 20 maiores economias (G-20), que terminou ontem na Cidade do México o FSB fez um apelo para que países acelerem o processo e cumpram o cronograma no prazo.

Fonte: Revista TAM - 06-11-2012